Marcha das Mulheres Negras 2015

Em 18 de novembro mulheres de todo o Brasil chegarão ao Distrito Federal, quando seguirão a pé até a Esplanada dos Ministérios integrando a Marcha das Mulheres Negras 2015.


O objetivo da marcha é luta contra o racismo e a violência e a celebração do bem viver! A marcha não só coloca a mulher negra em evidência numa sociedade que não a enxerga, mas também resgata a estima e o reconhecimento das mulheres negras enquanto negras, autônomas e livres da opressão de uma sociedade racista e machista. Mulheres em marcha mostram sua força, articulação e sobretudo união!


Mobilizam-se regionalmente no Oeste Paulista para a Marcha das Mulheres 2015 os seguintes coletivos: Instituto do Negro (Zimbauê), Coletivo de Mulheres Catadoras dos Município de Assis, Maracaí e Ourinhos, ligadas à Secretaria das Mulheres Catadoras do Estado de São Paulo (SEMUC) , Nucleo Negro da Unesp para Pesquisa e Extensão (NUPE), Coletivo Negro Dandara, da Unesp de Assis, Coletivo Mãos Negras da Unesp de Presidente Prudente e Coletivo de Mulheres da Sociedade Civil de Assis e Marília. Participam também desta mobilização associadas da CIRCUS.


Na última segunda-feira, dia 9/11/2015, 15 pessoas (13 mulheres e 2 homens) integrantes destes coletivos se reuniram no Galpão Cultural para discutirem sobre os objetivos da Marcha das Mulheres Negras 2015, bem como acertarem os detalhes logísticos de sua participação. Elas sairão em viagem no 17/11 com previsão de chegada na manhã do 18/11 em Brasília - DF. A Marcha se iniciará às 10h do dia 18/11 com caminhada de aproximadamente 4 km até a Esplanada dos Ministérios.

Galpão Cultural 9/11/2015 - Mulheres e homens se organizam para a Marcha das Mulheres Negras 2015


#mulheres #racismo #mulheresnegras #violência

Siga
nos
  • Twitter Basic Black
  • Facebook Basic Black
  • Google+ Basic Black
Postagens Recentes